10 tendências de conteúdo para a Black Friday 2022

A data mais importante para o setor de varejo e e-commerce e a mais aguardada do ano se aproxima. Sua marca vai planejar conteúdos em vídeo apenas na última hora?

Grande parte dos planejadores e criativos ainda estão se sentindo inspirados pelo Festival de Cannes. Então, por que não aproveitar toda essa onda de criatividade para produzir conteúdos relevantes para sua audiência?

Para ajudar você a ter grandes ideias, fizemos um estudo para entender o universo das pessoas que estão interagindo com conteúdos de Black Friday nos últimos 12 meses. 

Qual é a faixa etária? Qual é a melhor plataforma para distribuir esse conteúdo? Quais são os formatos de vídeo? Quais são seus interesses? Quais são as principais tendências e como aproveitá-las para criar conteúdo?

Respondemos a estas perguntas com base nos dados de nossa plataforma, o Winnin Insights. Esses dados foram extraídos das principais redes sociais utilizando a nossa inteligência artificial.

Continue a leitura e transforme tendências em ideias criativas para a Black Friday em sua agência.

Por que vídeos para falar de Black Friday?

É quase uma unanimidade entre os criativos que os vídeos são o futuro. Hoje, quase todas as plataformas sociais investem em vídeos. Se antes, o forte eram as imagens e textos, agora quem quiser vencer o algoritmo precisa focar em vídeos.

Ok, isso por si só não é o suficiente para convencer ninguém da importância de adotar vídeos na estratégia criativa. Então, vamos de dados.

  • 82% do tráfego da internet é formado por vídeos. – Fonte: Cisco
  • 80% dos consumidores de vídeo online procuram conteúdo que não está na TV – Fonte: Google
  • 95% do conteúdo é assimilado quando vídeo é o formato escolhido – Fonte: Insivia
  • 85% da audiência brasileira assiste conteúdos em vídeo – Fonte: Statista
  • 50% do tempo gasto no Facebook e Instagram, hoje, é assistindo a vídeos – Fonte: Meta

A única pergunta que resta é: por que não fazer vídeos para falar de Black Friday?

Quem está engajando com conteúdo em vídeo da Black Friday?

É evidente que cada marca tem um público específico, mas de uma forma geral, o público que está engajando mais com os conteúdos de Black Friday ainda é relativamente jovem.

A maioria são homens e mulheres entre 25-34 anos e em segundo plano, homens e mulheres entre 18-24 anos.

Aqui vai um recorte interessante da sociedade. Jovens da geração Z, já representam 20% da população brasileira, segundo a consultoria McKinsey.

Na representação geral, 49% mulheres e 51% homens brasileiros estão engajando com os conteúdos de Black Friday e temporada de compras.

Qual é a melhor plataforma para distribuir esse conteúdo?

YouTube e Facebook são as melhores plataformas para falar de Black Friday. No entanto, vale a pena pensar quais são as plataformas que a marca já utiliza e têm alto engajamento.

💡Você também vai gostar de ler: Como fazer roteiro de vídeo para YouTube

Quais os formatos de vídeo com maior engajamento?

O formato de vídeo diz respeito a maneira que o conteúdo é formatado e distribuído. Entre os formatos de vídeos com maior engajamento, isto é, com maior número de visualizações, comentários, curtidas e compartilhamentos relacionados à Black Friday estão:

1. Review e unboxing

Os reviews são os famosos vídeos em que os criadores de conteúdo falam sobre um produto comprado e tudo o que envolve a experiência. Por exemplo, onde comprou, o preço, a facilidade de compra, a entrega etc.

Já o unboxing, é um conteúdo pensado para o pós-venda, quando o produto chega até o comprador. Com o unboxing, a entrega do produto se torna uma experiência marcante, fideliza e pode até atrair novos clientes.

Desde janeiro de 2022, esses dois formatos seguem em crescimento constante, ou seja, há cada vez mais pessoas criando conteúdos baseados neles.

2. Vlog

O vlog é uma espécie de diário virtual, onde os criadores de conteúdo se comunicam com sua audiência quase que diretamente.

Eles mostram os bastidores de suas atividades diárias, compras, passeios, viagens e histórias com o público. Inclusive, o primeiro vídeo do YouTube foi um vlog, cujo formato acabou viralizando e inspirando muitos outros criadores no futuro.

3. Tour

O tour é destinado a mostrar com detalhes uma casa, um restaurante, uma atração turística etc.

Mas quando o assunto é compras de temporada, é possível adaptar o formato para falar de outros temas, por exemplo, o tour para os seguidores conhecerem a preparação de uma loja ou site para a Black Friday.

4. Compilado

O compilado é uma junção de diversos vídeos em um só. Geralmente, é composto por vídeos cuja performance foi significativa para a página/canal.

É possível criar conteúdos e depois fazer um compilado dos melhores momentos. Assim, quem não assistiu a todos os vídeos, pode assistir de uma só vez.

💡Você também vai gostar de ler: 7 formatos de vídeo com maior engajamento nas redes sociais

Quais assuntos interessam o público de Black Friday?

No Winnin Insights, é possível mapear os interesses das pessoas quando o assunto é conteúdo em vídeo.

Por exemplo, dentro do assunto de Black Friday e temporada de compras, é possível entender quais são os outros conteúdos que essas pessoas também interagem. 

Sabendo disso, é possível combinar assuntos diferentes e até mesmo trabalhar conteúdos de universos nunca explorados. 

Aqui estão alguns dos principais interesses:

1. Jogos de ação

Os jogos de ação e aventura estão dominando o feed das pessoas. Diariamente, jogadores exibem suas habilidades em partidas ao vivo, conteúdos são produzidos usando a temática dos jogos etc. Nos últimos 3 meses, mais de 27 mil vídeos foram postado nas plataformas sociais.

2. Comidas e restaurantes

Receitas, indicações de restaurantes, pessoas provando comidas exóticas e muitos outros conteúdos na temática de alimentação. Desde profissionais especializados a amadores, comida é palco para todos.

3. Cabelo e barba

Além das tradicionais transformações e transições capilares, as pessoas também estão engajando com conteúdos com uma pitada de humor. Além disso, os cabelos curtos e barba também estão sendo falados com mais frequência nos vídeos.

4. Maquiagem

Maquiagem sempre foi o assunto queridinho das criadoras de conteúdo. Nesse assunto, os tutoriais, indicações de produtos, truques, reacts, entre outros estão em alta.

5. Organização e decoração

Organização e decoração se tornou um assunto muito disseminado nas redes. Inspiradas em reallities, programas e séries sobre o tema, pessoas de todo o mundo passaram a criar conteúdos ensinando pessoas a organizar objetos, fazer decoração baseada em DIY (do it yourself, do inglês, faça você mesmo) ou garimpar itens por bons preços.

6. Smartphones

Resenhas de aparelhos, hacks de utilização, dicas de compras, funcionalidades escondidas e tantas outras coisas. Entre amadores e profissionais, todos criam conteúdos que possuem um bom engajamento.

7. Moda

Unboxing, vídeos no provador, combinações de looks, reviews de peças compradas, além de conteúdos envolvendo acessórios, perfumes, procedimentos estéticos, entre outros continuam sendo bem aceitos pelo público.

10 tendências para a Black Friday

Com a ajuda do Winnin Insights, fizemos uma seleção de conteúdos baseada na quantidade de conteúdos sobre o mesmo tema, no engajamento e no crescimento rápido do tema dentro das plataformas.

#1 Temos um concorrente?

O que parecia ser mais uma data comemorativa, se tornou uma quase concorrente da Black Friday. Inspirado pela China, o dia dos solteiros (11.11) chegou ao Brasil e está dominando as datas comerciais. As marcas podem encontrar oportunidades para oferecer seus descontos antes da maioria.

#2 Os perrengues

Lojas lotadas, promoções com frete alto, preços inflados e condições de pagamentos que não interessam o grande público. Os criadores de conteúdo estão usando essa temática para criticar o evento de forma cômica e satirizada, mas as marcas que realmente dão descontos podem entrar na brincadeira mostrando o lado oposto dos perrengues.

#3 Oi, meninas, tá focando?

Os conteúdos de Black Friday continuam engajando mesmo após a data. As tendências de conteúdo para este ano são os reviews de produtos e o famoso unboxing. É possível continuar a conversa com os consumidores e engajá-los com a marca, para tornar a Black Friday um evento que não acaba em novembro.

#4 Esquenta

Os produtos mais amados pelos consumidores são: smartphones, computadores, livros e itens de moda. Vídeos de indicação dos itens de desejo nestas categorias estão em alta em períodos que antecedem o evento. Existem oportunidades de fazer um esquenta e mostrar para os consumidores o que eles podem esperar da temporada de compras.

#5 Compro, ou não compro?

As pessoas estão buscando novas formas de economizar dinheiro. Por isso, os conteúdos baseados em educação financeira estão trending. Embora a Black Friday seja um evento onde o consumo é estimulado, é possível encontrar formas de falar sobre o consumo consciente e desenvolver parcerias estratégicas com marcas que se posicionam bem a respeito.

Os subtópicos mais engajados do Instagram, Facebook, YouTube e Twitch. Fonte: Winnin Insights

#6 Outubro das compras

Está no DNA do brasileiro deixar tudo para a última hora e, com as compras não é diferente. Mas quando o assunto são compras de fim de ano, a coisa muda. Em outubro, os conteúdos baseados em compras começam a ganhar relevância e começam a cair apenas a partir do mês de janeiro.

Relevância de conteúdos de Black Friday ao longo do tempo

#7 O poder dos shorts

Os shorts e vídeos com menor duração são tendências que vieram para ficar. Além de ser o formato com maior engajamento, ele é o que possui vídeos com maior número de visualizações. É possível encontrar espaços para passar conteúdos importantes em pouco tempo.

Comparação do formato Shorts com outros 5 formatos mais engajados no Winnin Insights

#8 De olho na gen-z

Apesar de os jovens entre 25-34 anos serem parte da geração que mais consome conteúdos voltados para compras, é preciso ficar de olho em outra geração que está ascendendo: a gen-z. Por isso, busque novas formas de conectar esses dois universos em seus conteúdos em vídeo.

#9 Os formatos também importam

Os formatos com maior quantidade de vídeos são:

  • Challenge
  • Tutorial

  • Unboxing

#10 Combine interesses

O público interessado em comprar na Black Friday também curte: 

  1. Dicas
  2. Dia do Consumidor
  3. Jogos de ação & aventura
  4. Comidas & restaurantes
  5. Cabelo & barba
  6. Maquiagem
  7. Organização & decoração
  8. Compilado de vídeos
  9. Smartphones
  10. Ano novo
  11. Perfumaria
  12. Roupas
  13. Review e unboxing
  14. Vlog
  15. Tour

Para este ano, a tendência é capturar diferentes estilos e formatar em uma só história que gere conexão com a audiência.

Crie conteúdos de Black Friday com a ajuda do Winnin Insights

Alguns perfis de redes sociais são um bom ponto de partida para buscar conteúdos de Black Friday, mas não é fácil navegar em cada um deles sem ter noção alguma da performance que eles têm. O Winnin Insights pode ser a solução.

O Winnin Insights é a plataforma que mapeia o consumo de vídeo online e ajuda marcas de todo o mundo a criar conteúdo relevante com base em dados. Com ele você vai ter:

  • Dados de vídeos da concorrência
  • Interesses de conteúdo em vídeo do seu público
  • Performance de assuntos e categorias específicas
  • Tendências de conteúdo em vídeo
  • Criadores de conteúdo de cada plataforma no Brasil e demais países
  • Engajamento dos vídeos
  • Insights para criar ideias relevantes.

Quer descobrir como ele pode ajudar a sua agência na Black Friday? Agende uma demonstração grátis hoje mesmo.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.